Termos e condições de reserva  

Termos e condições de reserva Termos e condições de reserva

Os termos e condições previstos neste documento têm por objetivo prestar os devidos avisos e esclarecimentos a todos os hóspedes da reserva, que declaram, desde já, que aceitam e estão de acordo com o disposto nas cláusulas a seguir.

IMPORTANTE: As presentes condições e cláusulas foram impressas em 08/10/2010, data em que estavam todas em vigor e regulavam todas as reservas da Royal Caribbean. Todavia, tais termos poderão sofrer alterações sem aviso prévio. Verifique as condições atualizadas em nosso site www.royalcaribbean.com.br.

Contrato de Compras de Cruzeiro Marítimo
Faça o download clicando aqui.

Código de Defesa do Consumidor
Clique aqui 

INFORMAÇÕES PARA EFETUAR RESERVA

Os cruzeiros da Royal Caribbean podem ser reservados por meio de um agente de viagens autorizado ou através do site www.royalcaribbean.com.br. O hóspede sempre responderá perante a Royal Caribbean pelos custos, ainda quando representado por um agente de viagens. Embora a Companhia utilize todos os meios possíveis para atender às solicitações dos hóspedes, os cruzeiros estão sujeitos à disponibilidade no ato da reserva.

SOBRE AS RESERVAS E RESPECTIVOS PAGAMENTOS 

As reservas somente serão confirmadas quando cumpridos os seguintes requisitos:
(a) pagamento integral da reserva, que deverá ocorrer no horário de funcionamento bancário e dentro do prazo da reserva;
(b) retorno à Royal Caribbean do Contrato de Compra de Cruzeiro Marítimo devidamente preenchido e assinado;
(c) aceitação da reserva pela Royal Caribbean através da emissão de um número de reserva.

O pagamento somente poderá ser realizado em Reais. Todavia, tendo em vista que o preço do cruzeiro é baseado no dólar norte-americano (US$), o câmbio para conversão da tarifa será o dólar turismo, cotação de venda, a ser informado diariamente pela Royal Caribbean Brasil.

O pagamento da reserva poderá ser feito através de cheque nominal à Royal Caribbean Cruzeiros (Brasil) Ltda ou cartão de crédito (Visa, Amex, Diners e MasterCard). Quando o pagamento for feito através da agência de viagens, caberá ao agente encaminhar o pagamento à Royal Caribbean, através dos meios de pagamento por ela determinados. Importante destacar que, em nenhuma hipótese, será aceito pagamento de cheque e/ou cartão de crédito da agência de viagens, em nome do hóspede.

Pagamentos efetuados com cheque somente serão considerados válidos após sua captura e compensação bancária efetiva, e pagamentos feitos com cartões de crédito, após a autorização da respectiva operadora.
O preço da reserva corresponde apenas ao cruzeiro contratado, inclusos, somente, os tributos diretamente decorrentes da presente contratação e taxas, tarifas e outras despesas portuárias e de serviços (quando cobradas antecipadamente). Demais despesas e taxas, tarifas e outras despesas relacionadas à viagem, tais como, sem se limitar, custos com vistos, vacinas, autorizações, documentação, seguro viagem, serviços médicos, estéticos, contratação de serviços opcionais (passagens aéreas, transfers, excursões, etc.), consumo de bebidas, aquisição de bens e serviços em lojas/estabelecimentos localizados no interior da embarcação, serão arcadas pelo hóspede, à parte.

A reserva poderá ser automaticamente cancelada pela Royal Caribbean, independentemente de aviso ou notificação prévia, quando:
(a) Se o pagamento exigido, seja por depósito, pagamento parcelado ou o valor integral do cruzeiro não ocorrer no prazo e condições convencionadas e previstas na Notificação da Reserva;
(b) Em razão de erro, falsidade, duplicidade,insuficiência de dados e informações de qualquer um dos hóspedes, bem como na ausência de assinatura do Contrato e rubrica em todas as suas páginas.
A Royal Caribbean se reserva o direito de alterar os preços publicados dos cruzeiros, sem aviso prévio. Também constitui direito da Royal Caribbean a cobrança de tarifa complementar referente à Taxa de Combustível, se houver alteração nesta taxa que justifique tal aumento. Fica, ainda, sujeito à alterações, o valor das demais taxas, tarifas e outras despesasreferentes ao cruzeiro, quando esta alteração decorrer de autoridade competente.

CABINE GARANTIDA

Na hipótese do hóspede optar pela chamada “cabine garantida”, fica, desde já, determinado que o que se garante é a categoria da cabine, ou seja, o preço correspondente à cabine que se está garantindo. O hóspede não poderá escolher a cabine em que ficará acomodado, a qual será definida a livre critério da Royal Caribbean quando da efetivação do pagamento, podendo a Companhia, inclusive, indicar ou definir uma cabine de categoria superior. Uma vez alocado o hóspede na cabine garantida, esta não poderá ser alterada, ainda que para uma cabine de categoria inferior.

ADICIONAL PARA CABINES INDIVIDUAIS

Em caso de reservas de cabines para serem utilizadas como individuais, será cobrado um adicional correspondente a 100% do valor pago por hóspede, com base em cabine dupla,  para aquela categoria de cabine. Em caso de cancelamento de um ou mais hóspedes de uma reserva já confirmada, passando a cabine a ser utilizada como individual, o adicional de 100% será cobrado do hóspede que permanecer na cabine, sob pena de cancelamento da reserva. Essa regra não se aplica às cabines familiares, que não permitem a utilização como individual, visto que são cabines com espaço maior e que exigem número específico de hóspedes para efetivação da reserva.

TAXAS, TARIFAS E OUTRAS DESPESAS DE SERVIÇO

A equipe de bordo e a tripulação da Royal Caribbean International esperam por você com o nosso serviço personalizado Gold Anchor.

A Royal Caribbean irá adicionar um valor em reais equivalente a US$ 12,00* (US$ 14,25* para os hóspedes das suítes) por dia e por pessoa na conta SeaPass® a bordo, para cada hóspede, que será compartilhada entre os membros da equipe do restaurante, camareiros e outros atendentes de limpeza que trabalham para melhorar o seu cruzeiro. Os hóspedes que optaram por pagar as taxas, tarifas e outras despesas de serviço antes de embarcar em seu cruzeiro não terão as taxas adicionadas à sua conta SeaPass® a bordo.

 

Taxas de serviço de 15% também serão automaticamente adicionadas às bebidas, itens de mini-bar, e compras no Spa independente da taxa de serviço ter sido pré paga. 
Muitos hóspedes desejam premiar um serviço excepcional durante seu cruzeiro, oferecendo gorjetas aos nossos profissionais. Os hóspedes poderão fazê-lo através de uma gratificação adicional em sua conta SeaPass® a bordo ou em dinheiro, a seu critério. 

 

* Os valores serão convertidos com o câmbio do dia. 

 

REGRAS PARA GRUPOS


As regras para grupos podem variar de acordo com a temporada, o navio e a quantidade de hóspedes participantes. As regras para depósitos, pagamentos finais, cancelamentos e termos e condições são de responsabilidade do agente de viagens, ressaltando que nem sempre são as mesmas  aplicáveis às reservas individuais. Para grupos especiais (estudantes, debutantes, etc.), deverá ser consultado o agente de viagens.

CANCELAMENTOS

O hóspede que desejar cancelar o cruzeiro somente poderá fazê-lo por escrito, através de formulário específico (“Termo de Cancelamento de Cruzeiro”), que deverá ser assinado pelo próprio hóspede e entregue ao seu agente de viagens. Se o cancelamento for de toda a reserva, o Termo deverá ser assinado pela mesma pessoa que assinou o Contrato de Compra de Cruzeiro Marítimo.

A data em que o Termo for efetivamente protocolado junto à agência de viagens na qual foi feita a reserva do cruzeiro determinará a incidência ou não de penalidades no valor a ser reembolsado ao hóspede.

Se o cancelamento for solicitado até 60 dias antes do embarque ou 90 dias nos cruzeiros internacionais de Natal e Ano Novo, o hóspede terá direito à restituição do valor efetivamente pago, descontado, porém: (i) o correspondente a 5% (cinco por cento) do valor total da reserva, a título de multa compensatória por despesas administrativas; (ii) o valor pago à agência de viagens, a título de comissão pelos serviços prestados, os quais deverão ser pleiteados junto à própria agência.

Se o pedido de cancelamento ocorrer após os prazos mencionados, serão aplicadas as penalidades constantes na tabela abaixo, a título de multa contratual, em favor da Royal Caribbean, nos seguintes percentuais aplicados sobre o valor da tarifa:

Embarque no Brasil

• 20% (vinte por cento) do valor da tarifa, se o cancelamento for solicitado de 59 (cinquenta e nove) a 45 (quarenta e cinco) dias antes do embarque.
• 25% (vinte e cinco por cento) do valor da tarifa, se o cancelamento for solicitado de 44 (quarenta e quatro) a 31 (trinta e um) dias antes do embarque.
50% (cinquenta por cento) do valor da tarifa, se o cancelamento for solicitado de 30 (trinta) a 15 (quinze) dias antes do embarque.
75% (setenta e cinco por cento) do valor da tarifa, se o cancelamento for solicitado de 14 (quatorze) a 8 (oito) dias antes do embarque.
100% (cem por cento) do valor da tarifa, se o cancelamento for solicitado de 7 (sete) dias até o embarque.

Internacional (excluindo Natal, Ano Novo e feriados)

20% (vinte por cento) do valor da tarifa, se o cancelamento for solicitado de 59 (cinquenta e nove) a 45 (quarenta e cinco) dias antes do embarque.
25% (vinte e cinco por cento) do valor da tarifa, se o cancelamento for solicitado de 44 (quarenta e quatro) a 31 (trinta e um) dias antes do embarque.
50% (cinquenta por cento) do valor da tarifa, se o cancelamento for solicitado de 30 (trinta) a 15 (quinze) dias antes do embarque.
75% (setenta e cinco por cento) do valor da tarifa, se o cancelamento for solicitado de 14 (quatorze) a 8 (oito) dias antes do embarque.
100% (cem por cento) do valor da tarifa, se o cancelamento for solicitado de 7 (sete) dias até o embarque

Internacional (Natal Ano Novo e feriados)

20% (vinte por cento) do valor da tarifa, se o cancelamento for solicitado de 89 (oitenta e nove) a 45 (quarenta e cinco) dias antes do embarque.
25% (vinte e cinco por cento) do valor da tarifa, se o cancelamento for solicitado de 44 (quarenta e quatro) a 31 (trinta e um) dias antes do embarque.
50% (cinquenta por cento) do valor da tarifa, se o cancelamento for solicitado de 30 (trinta) a 15 (quinze) dias antes do embarque.
75% (setenta e cinco por cento) do valor da tarifa, se o cancelamento for solicitado de 14 (quatorze) a 8 (oito) dias antes do embarque.
100% (cem por cento) do valor da tarifa, se o cancelamento for solicitado de 7 (sete) dias até o embarque.

O hóspede que cancelar até 7 (sete) dias antes da data de embarque ou que não se apresentar dentro do prazo de partida / embarque ou, ainda, que abandonar o cruzeiro já iniciado, por qualquer motivo, perde o direito a qualquer reembolso, sendo devido, ainda, os pagamentos vincendos, decorrente de eventual parcelamento. A multa compensatória de 5% não será cobrada quando for aplicada a tabela de penalidades acima. Também no caso de aplicação desta tabela de penalidades, a comissão da agência de viagens deverá ser pleiteada junto à mesma.

A restituição do valor pago em caso de cancelamento observará a mesma forma pela qual foi realizado o pagamento do cruzeiro. Caso o hóspede contrate financiamento bancário consignado (CDC), o custo financeiro deverá ser verificado diretamente com a instituição financeira na qual contratou o serviço.

O cancelamento individual não implicará no cancelamento dos demais integrantes da cabine, não tendo estes direito a qualquer reembolso. Em caso de cancelamento de um ou dois hóspedes em cabines triplas ou quádruplas, respectivamente, este(s) será(ão) considerado(s) como 3º e/ou 4º hóspedes, e o valor devido a título de reembolso será proporcional ao valor correspondente a tais hóspedes na reserva, ainda que o valor total da cabine tenha sido rateado / dividido entre todos os seus ocupantes. Ou seja, se o valor tiver sido dividido entre todos os hóspedes em partes iguais, ficam os mesmos cientes que eventual diferença entre o valor pactuado entre eles e/ou com a agência de viagens não vincula a Royal Caribbean.

Somente serão restituídos os valores referentes aos preços praticados pela Royal Caribbean, não estando esta vinculada ao preço cobrado pela agência de viagens junto ao CONTRATANTE, a título de remuneração pelos seus serviços, bem como a eventuais divisões internas de pagamentos realizadas entre os hóspedes ou entre estes e a agência de viagens. A Royal Caribbean somente efetuará restituições por cancelamento nos termos estabelecidos no Contrato e com base nos preços constantes na Notificação de Reserva.

ALTERAÇÃO DE NOMES OU DATAS

A alteração de nomes de hóspedes de uma mesma cabine após o pagamento da reserva somente será possível quando solicitada à Royal Caribbean Brasil com até 20 (vinte) dias de antecedência à data do embarque e estará sujeita à disponibilidade no navio e autorização da Companhia. Quando permitida a troca, haverá uma multa no valor de R$ 50,00 (cinquenta reais) por hóspede, somada à diferença da tarifa em vigor na época da alteração, quando for o caso. Caso o hóspede que estiver sendo substituído for o pagante da reserva, este deverá assinar um documento consentindo expressamente que a reserva seja mantida em seu nome. De todo modo, a Royal Caribbean Brasil deverá ser notificada pela agência, sob pena de cancelamento de toda a cabine.

No caso de pedido de alteração da data do cruzeiro pelo hóspede, uma nova reserva deverá ser efetuada no mesmo momento, sob pena de cancelamento daquela e aplicação das penalidades cabíveis. Essa solicitação deverá ser enviada por escrito com até 20 (vinte) dias de antecedência ao embarque e somente poderá ser confirmada se houver disponibilidade no cruzeiro escolhido e se a Companhia expressamente concordar com esta alteração. Se o hóspede realizar a viagem na nova data reservada, nenhuma penalidade será cobrada, no que diz respeito à alteração realizada. Todavia, se essa nova reserva também for cancelada, será aplicada neste caso a penalidade da reserva original (primeira reserva efetuada). Portanto, reforçamos que as penalidades serão aplicadas levando-se em consideração o cruzeiro original, e não o período de penalidade da reserva atual modificada pelo hóspede. Ocorrerá, portanto, o cancelamento definitivo e a aplicação das penalidades cabíveis.

ALTERAÇÃO/CANCELAMENTO PELA  ROYAL CARIBBEAN

Fica ressalvado o direito da Royal Caribbean de alterar qualquer cruzeiro ou até mesmo cancelá-lo em razão de alguma necessidade operacional, comercial, ou de qualquer outra natureza, bem como no caso de circunstâncias incomuns ou imprevisíveis, cujas consequências não poderiam ter sido evitadas pela Companhia, mesmo que esta tenha tomado todos os devidos cuidados, quando o cancelamento ocorrer por caso fortuito ou força maior. Nos casos em que for realizada qualquer alteração e/ou cancelamento, a Royal Caribbean se compromete a informar ao hóspede ou ao agente de viagens o mais rápido possível acerca das novas opções de cruzeiro oferecidas pela própria Companhia, sendo direito do hóspede cancelar a reserva e receber o reembolso integral do valor pago, salvo o valor referente a comissão da agência, caso não aceite nenhuma das opções sugeridas pela Royal Caribbean.

Ainda, a Royal Caribbean reserva-se o direito de, a qualquer momento, cancelar o cruzeiro em caso de eventual suspensão das operações de câmbio ou em razão da incidência de ônus fiscais impostos pelas autoridades competentes, com a devolução ao hóspede pagante de toda e qualquer importância paga, salvo a comissão da agência que deverá ser requerida junto a esta.
DOCUMENTOS, VISTOS, VACINAS E AUTORIZAÇÕES

Cruzeiros nacionais (roteiros exclusivamente brasileiros)

Brasileiros adultos: 
Cédula de Identidade (RG) válida, em bom estado ou qualquer outro documento de identificação com foto, válido no território nacional (CREA, OAB, CRM, etc.)

Brasileiros menores de 18 anos:Cédula de Identidade (RG) válida e autorização conforme Cláusula 8.1 e subcláusulas do Contrato de Compra de Cruzeiro Marítimo.

Brasileiros menores de 12 anos: Cédula de Identidade (RG) válida ou Certidão de Nascimento e autorização conforme Cláusula 8.1 e subcláusulas do Contrato de Compra de Cruzeiro Marítimo.

Estrangeiros: Cédula de Identidade de Estrageiro (RNE) válida ou Passaporte.


Cruzeiros internacionais com destino a países do Mercosul

Brasileitos (adultos):
Cédula de Identidade (RG) válida, em bom estado com no máximo 10 anos de emissão ou passaporte com validade de pelo menos 06 (seis) meses antes da expiração.

Estrangeiros residentes no Brasil: Passaporte válido, visto (se necessário) com tarjeta de imigração (tarjeta de entrada no Brasil) e Cédula de Identidade de Estrageiro (RNE) original e válida.

Estrangeiros não-residentes no Brasil: Passaporte válido, visto (se necessário) com tarjeta de imigração (tarjeta de entrada no Brasil).

Menores de 18 anos brasileiros ou estrangeiros: Passaporte válido, Certidão de Nascimento e autorização conforme Cláusula 8.1 e subcláusulas do Contrato.


Cruzeiros internacionais a outros destinos pelo mundo

Brasileiros (adultos):
Passaporte válido, com no mínimo 6 (seis) meses de validade na data do embarque, com visto (se necessário) para todos os países/portos em que o navio fizer escalas.

Estrangeiros: Passaporte válido, visto (se necessário) com tarjeta de imigração (tarjeta de entrada no Brasil) e Cédula de Identidade de Estrageiro (RNE) original e válida - a RNE é somente para estrangeiros residentes no Brasil.

Dupla cidadania: Passaporte brasileiro para entrada e saída no Brasil.

Menores de 18 anos brasileiros ou estrangeiros: Passaporte válido, visto (se necessário), Certidão de Nascimento e autorização conforme Cláusula 8.1 e subcláusulas do Contrato.

Importante: 

Não serão aceitas cópias dos documentos, ainda que autenticadas. Também não serão aceitos documentos de identificação válidos apenas no território nacional, como a antiga identidade do estado da Guanabara, de Niterói, carteira de habilitação, carteiras de identidade funcionais, como a de Magistrados, OAB, CRM, CREA, Carteiras Militares e demais, salvo no caso dos cruzeiros exclusivamente nacionais. Por fim, também não será aceita Certidão de Nascimento em cruzeiros internacionais, sendo esta aceita apenas para menores de 12 anos em cruzeiros nacionais.

Lembramos que é de extrema importância que os nomes e sobrenomes das reservas estejam conforme o documento apresentado no embarque, sob pena de impedimento de embarque.

Documentos, vistos e vacinas: O porte de documentos pessoais exigidos para a viagem, tais como documento de identificação, passaporte válido, vistos consulares, autorização para menor viajar desacompanhado de um dos pais, comprovantes de vacina exigidas em certos países e etc, são de inteira responsabilidade dos hóspedes. Para mais informações, consulte os Consulados ou sua Agência de Viagens.

Ressalte-se que tais exigências são das autoridades internacionais, não tendo a Royal Caribbean qualquer poder para autorizar ou não o embarque de hóspedes que não estejam munidos dos documentos adequados, exigidos pelas autoridades estrangeiras, conforme legislação em vigor. O embarque irregular de hóspede por ausência de documentação correta poderá implicar no risco de detenção em países estrangeiros, interrupção do cruzeiro, além de pesadas penalidades.
BILHETES AÉREOS

Serviço opcional, podendo ser contratado ou não, a critério do hóspede. Não estão incluídos no preço da tarifa referente à parte marítima do cruzeiro. O bilhete de passagem aérea reflete o contrato de transporte aéreo firmado entre o hóspede e a empresa de transporte aéreo, sendo regido pelas normas internacionais (Convenção de Varsóvia) e pelo Código Brasileiro de Aeronáutica. O hóspede que contratar o serviço aéreo através da Royal Caribbean fica ciente de que a responsabilidade cível e criminal decorrente do contrato de transporte é exclusivamente da companhia aérea, que responde nos termos da legislação em vigor.

Todas as questões relacionadas à viagem aérea, entre elas, despacho de bagagens, operação da aeronave e horários de partida e chegada dos voos, são de inteira responsabilidade da companhia aérea. O preço da passagem aérea, independente de ter sido ou não adquirido através da Royal Caribbean, não está de nenhuma forma, vinculado ao cruzeiro, podendo sofrer reajustes, desde que a empresa aérea assim o determine, nos termos das resoluções da IATA (International Air Transport Association) e da ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil). Os hóspedes deverão se adequar à disponibilidade de voos nas classes determinadas nos acordos com as empresas aéreas conveniadas. A eventual hospedagem à espera de voos bem como o transfer aeroporto/hotel/aeroporto correrão por conta exclusiva do hóspede. As condições de embarque determinadas pela companhia aérea deverão ser rigorosamente cumpridas pelo hóspede, não tendo a Royal Caribbean qualquer responsabilidade no caso de atraso de voos, acidentes, perda ou extravio de bagagens, sendo esta responsabilidade exclusiva da companhia aérea em questão, de acordo com as regras internacionais e o Código Brasileiro de Aeronáutica. O hóspede não terá qualquer direito de restituição de valores referentes ao cruzeiro se sua desistência ou não comparecimento no embarque do navio se der em razão de quaisquer problemas com relação à passagem aérea adquirida junto à companhia aérea respectiva, inexistindo qualquer responsabilidade da Royal Caribbean a esse título.
O hóspede deverá apresentar-se no aeroporto 2 (duas) horas antes do horário previsto para embarque em voo nacional e 3 (três) horas antes do horário previsto para embarque em voo internacional, devendo reconfirmar cada voo com a companhia aérea com 48 horas de antecedência à saída deste. O transporte de bagagem será feito de acordo com os critérios da companhia aérea. Eventuais custos oriundos de excesso de peso/bagagem são de responsabilidade do hóspede. A bagagem de mão não é objeto deste contrato, sendo que está sob responsabilidade do próprio hóspede. O seguro de bagagem, quando contratado, será regido pelas cláusulas de cobertura fixadas pelas respectivas empresas de Assistência Internacional.

No caso de voos fretados ou “charters”, ainda que o bilhete de passagem tenha sido emitido pela mesma agência na qual foi adquirido o cruzeiro, trata-se, da mesma forma, de um contrato direto entre a companhia aérea e o hóspede, razão pela qual não há direito a cancelamento, endosso ou reembolso por parte da Royal Caribbean. Assim, nos casos de não apresentação para embarque, apresentação com documentação incompleta, abandono da viagem ou desistência por qualquer razão não haverá, nenhum reembolso ou compensação por parte da Royal Caribbean.

Cancelamentos de bilhetes aéreos: o cancelamento dos bilhetes aéreos que tiverem sido emitidos juntamente com o cruzeiro marítimo somente será possível quando for expressamente solicitado à Royal Caribbean, lembrando que as penalidades serão definidas pela companhia aérea, eximindo a Royal Caribbean de qualquer responsabilidade.
TRANSFERS
Serviço opcional, podendo ser contratado ou não, a critério do hóspede. Não está incluído no preço da tarifa referente à parte marítima do cruzeiro. Para os cruzeiros com embarque no Brasil estão disponíveis exclusivamente para o dia do embarque/desembarque.

O hóspede que contratar o serviço de transfer através da Royal Caribbean fica ciente de que a responsabilidade cível e criminal decorrente do contrato de transporte é exclusivamente da empresa que presta este serviço e não da Royal Caribbean, que responde nos termos da legislação em vigor.

Para a contratação de transfers fora do Brasil, solicitamos entrar em contato com a Royal Caribbean, através de seu agente de viagens.

CHECK-IN ONLINE

Eventualmente, poderão ser requeridas pelas autoridades dos locais de embarque, assim como dos portos de escala, companhias aéreas e/ou quaisquer outras autoridades, informações dos hóspedes, tais como dados pessoais, número de passaporte, número para contato em caso de emergência e informações sobre Seguro.

Sendo assim, com o objetivo de simplificar ao máximo o processo de registro para embarque, é imprescindível que o hóspede faça o check-in online, que se encontra no site www.royalcaribbean.com.br. O formulário de embarque online estará disponível desde a data da integralização do pagamento da reserva até as 72 (setenta e duas) horas que antecedem o embarque.

Importante destacar que, caso o check-in online não tenha sido emitido dentro do prazo acima estipulado, este processo deverá ser finalizado no próprio porto de embarque até 2 (duas) horas antes do horário previsto para a saída do navio. Todos os hóspedes deverão estar a bordo, até, no máximo, 1:30 (uma hora e trinta minutos) antes do horário previsto para a saída do navio depois de finalizado o check-in no porto, sob pena de não ser possível o embarque.

MENORES

É proibido o embarque de menores de 18 (dezoito) anos desacompanhados dos pais ou responsável para cruzeiros com embarque no Brasil e outros países da América do Sul. Seguindo a política da Companhia, a idade acima estabelecida será de 21 (vinte e um) anos para os demais países, observando  porém, as leis locais de cada país abrangido pelo cruzeiro.

Os menores de idade deverão estar acompanhados de ambos os pais ou do responsável legalmente constituído. Em caso de ausência de um dos pais, em cruzeiros internacionais (incluindo países da América do Sul), será necessária uma apresentação de autorização por  escrito, em 03 (três) vias, sendo uma delas obrigatoriamente em Inglês para cruzeiros internacionais , com foto do menor e firma reconhecida por autenticidade (presencial) do pai/mãe ausente, observado o disposto na legislação aplicável, autorizando, inclusive, tratamento médico a bordo, em caso de necessidade. Esta autorização também é obrigatória, para os cruzeiros nacionais e internacionais, se o menor estiver viajando desacompanhado de ambos os pais. Na impossibilidade de os pais emitirem tal autorização, o menor somente poderá embarcar desacompanhado mediante apresentação de ordem judicial específica para a realização da viagem. No caso de um dos pais do menor ser falecido, será necessário apresentar a certidão de óbito original no embarque. Em quaisquer dos casos aqui previstos, o responsável acompanhante do menor deverá ter no mínimo 21 (vinte e um) anos.

Fica, desde já,  informado que o acompanhante do menor, seja qualquer dos pais, responsável legal ou qualquer outro responsável, devidamente provido da autorização necessária, ficará responsável pela supervisão deste menor. Qualquer comportamento perigoso ou perturbador (tais como brigas a bordo, abuso verbal perante a tripulação e/ou demais hóspedes, comportamento desregrado, vandalismo em qualquer área do navio, etc. ) será de total responsabilidade do acompanhante do menor.

Os menores de idade deverão estar acomodados em cabines com um responsável maior de 21 anos, salvo se os pais ou responsáveis legais estiverem em cabine conjugada. A idade mínima permitida para viajar é de  6 meses completos na data embarque, desde que o menor esteja acompanhado dos pais ou responsável. Este limite mínimo de idade é elevado para 12 meses no caso de cruzeiros com duração de 10 noites ou mais, ou em casos de cruzeiros com  3 ou mais dias consecutivos de navegação.

A política vigente em toda a frota Royal Caribbean é que não são vendidas e nem servidas bebidas alcoólicas a menores de 21 (vinte e um) anos. Entretanto, nos cruzeiros com embarque em países da Europa, Ásia, Austrália ou América do Sul, onde a idade legal para consumo de bebidas alcoólicas é geralmente inferior a 21 (vinte e um) anos, o pai ou responsável que esteja viajando com o menor de 21 (vinte e um) anos poderá assinar uma autorização, na forma a ser estabelecida pela Royal Caribben, para que ele possa consumir bebidas alcoólicas.

PESSOAS COM NECESSIDADES ESPECIAIS

No momento da contratação do cruzeiro, deverão as pessoas com necessidades especiais ou algum responsável, informar por escrito à Royal Caribbean, por meio do seu agente de viagens, sobre eventuais necessidades físicas ou de saúde que exijam ou possam exigir tratamento médico durante o cruzeiro, ou que afete ou possa afetar de qualquer maneira a saúde do hóspede (inclusive o uso de qualquer serviço ou quaisquer de suas instalações). Sendo assim fica o hóspede ciente das limitações e normas especiais de hospedagem e segurança a bordo, ressaltando que o número de cabines adaptadas nos navios é limitado.
A Royal Caribbean reserva-se o direito de solicitar, a qualquer tempo e para qualquer hóspede, a apresentação de atestado médico comprovando boas condições físicas para viajar no cruzeiro.

Se a necessidade especial surgir após a contratação, a Royal Caribbean deverá ser imediatamente notificada através da agência de viagens na qual foi realizada a compra do cruzeiro. A Royal Caribbean assegura que empenhará os melhores esforços para atender às solicitações dos hóspedes, não podendo garantir, porém, que todas serão atendidas, quando solicitadas após a contratação.

Neste sentido, em caso de desistência do cruzeiro por quaisquer dos hóspedes em decorrência do surgimento de necessidades especiais após a contratação, fica ajustado que a restituição do valor correspondente ao cancelamento observará as regras previstas nestas Condições Gerais. Já no caso de abandono prematuro do cruzeiro, pelas razões aqui expostas, não terá o hóspede direito a qualquer reembolso.

Importante ressaltar que o navio não dispõe de cadeiras de rodas. Assim, caso seja necessário, o hóspede deverá providenciar este equipamento para uso próprio ou de terceiros, ressaltando que, não obstante o navio estar adaptado de acordo com as normas internacionais, algumas áreas podem sofrer limitações de trânsito para cadeira de rodas. Ressalte-se, ainda, que a responsabilidade pela locomoção a bordo, nos barcos utilizados para embarque e desembarque em algumas escalas (tenders), bem como em excursões é de responsabilidade exclusiva do hóspede.

Se os hóspedes menores de idade com necessidades especiais desejarem frequentar os clubes infantis, isto é, “Aqua Babies”, “Aqua Tots” e “Adventure Ocean”, indispensável será observar as normas internas de funcionamento, as quais serão devidamente informadas a bordo, estabelecendo-se, desde já, que poderá ser necessária a presença de um dos pais durante todo o tempo em que o menor estiver no local.
DIETAS ESPECIAIS

Dietas especiais também poderão ser solicitadas à Royal Caribbean, desde que sejam feitas por escrito e com até 90 (noventa) dias antes do embarque. Importante ressaltar que a Royal Caribbean fará o possível para atender a todas as solicitações dos hóspedes, não podendo, porém, prestar qualquer garantia de que tais pedidos serão atendidos.

GESTANTES

Os navios da Royal Caribbean não dispõem de equipamentos especializados para atendimento a gestantes e partos. Por esta razão, a Royal Caribbean não pode aceitar a reserva e nem permitir o embarque de nenhuma hóspede que, na data do embarque, esteja com 24 (vinte e quatro) semanas completas ou mais de gravidez, ficando reservado o direito da Royal Caribbean recusar o embarque de uma hóspede que esteja, aparentemente, em estado avançado de gestação, não sendo gerada nenhuma obrigação para a Companhia em função desta recusa. Se a gravidez estiver num estágio menos avançado que o limite ora determinado, o embarque somente será permitido mediante a apresentação de um atestado médico em Português para cruzeiros com embarque no Brasil (cabotagem) e em Inglês para cruzeiros internacionais, confirmando a boa condição de saúde da gestante e do nascituro para viajar, bem como a data prevista do nascimento e a idoneidade médica da hóspede para participar de um cruzeiro. Se a gravidez apenas for descoberta após a reserva ter sido efetuada e a exigência acima não puder ser cumprida, o fato deverá ser comunicado imediatamente à Royal Caribbean, sob pena de perder a hóspede o direito a qualquer reembolso em virtude deste cancelamento.

A Royal Caribbean não se responsabiliza por qualquer dano sofrido durante todo o cruzeiro, como consequência de complicações da gestação ou outros acontecimentos relacionados à esta, sendo de total responsabilidade da gestante o prévio cumprimento dos requisitos anteriores.

BAGAGENS

No embarque, a bagagem deverá ser entregue diretamente ao responsável pelo seu despacho , para que sejam, em seguida, vistoriadas pelas autoridades federais. É de responsabilidade dos hóspedes o correto preenchimento das identificações de bagagem, uma vez que o serviço de entrega das bagagens ao navio é prestado pelas equipes portuárias autorizadas.

É expressamente proibido o ingresso a bordo de bebidas alcoólicas e outras substâncias proibidas por lei , armas de qualquer natureza (mesmo que o porte seja autorizado e decorrente do exercício de profissão), animais de qualquer porte (salvo cães-guia, desde que devidamente treinados, registrados e previamente informado à Royal Caribbean), substâncias controladas, combustíveis, explosivos, oxigênio e cilindros de ar comprimido (neste último caso, sendo necessário, somente mediante autorização prévia da Royal Caribbean).

A equipe de segurança está autorizada a recolher bebidas das bagagens, inclusive as de mão, ficando o hóspede encarregado por sua retirada no navio ao final da viagem. Garrafas abertas (alcoólicas ou não) serão recolhidas e não devolvidas.

Também fica proibido o ingresso no navio de equipamentos de som não autorizados, itens que emitam calor ou produzam chamas, sob pena de apreensão até o encerramento do cruzeiro, sendo que estes itens também deverão ser retirados pelos hóspedes no navio ao final da viagem.

É também proibido o embarque de alimentos potencialmente perigosos, como itens que precisem de refrigeração, aquecimento ou armazenamento na cozinha. Os hóspedes podem, porém, levar o seu suplemento de comidas secas e não-perecíveis como, biscoitos, bolachas, barras de cereal, latas de leite em pó, comida de bebê (industrializada) etc., em embalagens ainda lacradas.

Quaisquer valores, jóias, medicamentos, equipamentos eletrônicos, tais como máquinas fotográficas, filmadoras e notebook, ou artigos delicados, bem como documentos de viagem, deverão ser levados na bagagem de mão, tanto no embarque quanto no desembarque. A Royal Caribbean não se responsabiliza pela perda ou extravio de objetos que estejam ou deveriam estar nas bagagens de mão durante a viagem, desde o momento do check-in até o desembarque.

Na última noite de cruzeiro, as malas a serem despachadas deverão ser colocadas do lado de fora da cabine, antes da meia-noite, trancadas (com segredo ou cadeado), devendo os objetos mencionados acima permanecerem na bagagem de mão com os próprios hóspedes. Havendo perda ou dano de bens pessoais a bordo, o hóspede deverá comunicar imediatamente à recepção do navio e preencher o respectivo formulário, para as buscas eventualmente necessárias. O mesmo procedimento deverá ser adotado em caso de extravio ou dano de bagagens durante o embarque ou desembarque, sendo obrigatório o preenchimento de um formulário específico, disponível nos portos.

A Royal Caribbean envidará os melhores esforços para auxiliar os hóspedes na busca por qualquer objeto extraviado, sem no entanto, responder pela sua não localização, furtos, roubos, danos ou avarias aos bens pessoais de quaisquer hóspedes, entre eles documentos, valores monetários, jóias, equipamentos eletrônicos e quaisquer outros valiosos para os hóspedes, que não decorram de comprovada negligência ou imprudência da Royal Caribbean e/ou de seus funcionários.

A fim de evitar quaisquer aborrecimentos, recomendamos a contratação de seguro em relação a bagagens e bens pessoais, devendo a seguradora contratada ser acionada diretamente em caso de problemas. Salvo as responsabilidades que estiverem expressas nestas Condições, bem como nos demais documentos da Royal Caribbean, dentre eles, o Contrato de Compra de Cruzeiro Marítimo, nenhuma outra responsabilidade será atribuída à Companhia.

Para garantir a segurança dos itens mencionados acima, encontram-se disponíveis nas cabines cofres individuais. As condições para utilização dos cofres serão comunicadas quando do ingresso do hóspede no navio, se manifestado o interesse. Ressalta-se que a responsabilidade da Companhia acerca dos itens que estiverem nos cofres somente estará configurada se existirem sinais de arrombamento nestes.

Visando a segurança de todos, os hóspedes e suas bagagens estarão sujeitos à inspeção ou monitoramento eletrônico, independente de autorização do hóspede.
SERVIÇOS DE BORDO

Os serviços de spa e/ou salão de beleza, as lojas de bordo, bem como os serviços de fotografia, entre outros, são disponibilizados unicamente para a conveniência do hóspede. Tais serviços são prestados por pessoal independente e não caberá à Royal Caribbean nenhuma responsabilidade acerca dos serviços prestados por estes agentes.

SERVIÇO MÉDICO

O centro médico do navio não está preparado/equipado com os mesmos padrões de um hospital em terra e, portanto,  não  funciona como uma clínica especializada. O navio possui suprimentos e equipamentos médicos de acordo com as exigências internacionais para atendimento emergencial  Embora existam médicos capacitados a bordo, a prestação destes serviços está limitada aos casos de EMERGÊNCIA E URGÊNCIA. Por esta razão, nem a Royal Caribbean nem o Médico serão responsáveis perante o hóspede em decorrência de qualquer incapacidade de tratar de procedimentos emergenciais que demandem instalações e/ou estruturas especializadas e avançadas.

Os serviços médicos e os medicamentos levados a bordo são limitados, portanto, os hóspedes deverão levar uma quantidade adequada de qualquer medicamento específico de que necessitarem.

Caso o hóspede embarque com medicamentos controlados ou em grandes quantidades, poderá ser exigida a receita médica pelas autoridades aduaneiras.

Todos os serviços médicos prestados a bordo, incluindo, mas não se limitando à consultas médicas e medicação, serão cobrados a parte e o pagamento deverá ser feito a bordo. Por esta razão, a Royal Caribbean recomenda a contratação de um seguro saúde de viagem adequado. Importante destacar que, ainda que o hóspede tenha contratado um seguro, o pagamento a bordo será devido, e o reembolso solicitado junto ao seguro, após o desembarque, nas condições estabelecidas pela seguradora.

 No caso de doença ou acidente, a critério do Comandante, os hóspedes poderão ser levados para terra para tratamento médico. A Companhia não garante a qualidade do tratamento médico em qualquer porto de escala ou no local em que o hóspede for desembarcado. As instalações e os padrões médicos variam de porto para porto. A Royal Caribbean não se responsabiliza nem oferece garantia em relação ao padrão de tratamento médico em terra.

EXCURSÕES 

O hóspede poderá, a seu critério, contratar excursões, que são oferecidas por empresas independentes no próprio navio, razão pela qual nenhuma responsabilidade incidirá sobre a Royal Caribbean com relação à excursões contratadas.

Vale ressaltar que excursões não estão incluidas no valor do cruzeiro.

SEGURO

A Royal Caribbean recomenda a todos os hóspedes a contratação de um seguro saúde de viagens, de bagagem, contra lesões corporais, entre outras coberturas. A Companhia sugere consultar um agente de viagens para mais informações.

Nos casos em que seja obrigatória a contratação de seguro por exigência de alguns países, fica sob responsabilidade exclusiva do hóspede esta contratação, sob pena de impossibilidade de embarque no cruzeiro, sem que reste direito a qualquer ressarcimento/reembolso por parte da Royal Caribbean.

NORMA PARA FUMANTES

Recomenda-se contatar a Recepção do navio para obter detalhes. Não é permitido fumar em nenhuma área dos auditórios, restaurantes, teatros, corredores ou elevadores; bem como no interior das cabine, no deck Boardwalk ou nas varandas privativas do Central Park nos navios da Classe Oasis.. Entretanto, é permitido fumar nas varandas privativas com vista para o mar das cabines e suítes. Será aplicada uma multa, debitada diretamente no cartão de bordo SeaPass, aos hóspedes que fumarem nos locais proibidos. Cigarros, charutos e fumo de cachimbo devem ser descartados apropriadamente e nunca devem ser lançados pela borda do navio. Os hóspedes devem ser maiores de 18 (dezoito) anos para comprar, portar ou utilizar produtos de tabaco a bordo do navio.

CÓDIGO DE CONDUTA

Para a segurança e conforto dos hóspedes, a Royal Caribbean desenvolveu a Política de Conduta do Hóspede bem como a Política de Recusa de Transporte, tanto para adultos quanto crianças. Os hóspedes que violarem estas orientações, a critério da Royal Caribbean, poderão ser desembarcados no próximo porto de escala. Solicitamos que todos os hóspedes verifiquem quais são as políticas de segurança da Companhia, que estão no Diretório de Serviços do Cruzeiro, na cabine ou na Recepção, ou ainda, no site  www.royalcaribbean.com.br.

Pelos mesmos motivos expostos, também poderá, a Royal Caribbean negar uma solicitação de reserva feita por qualquer hóspede, bem como cancelar qualquer reserva já existente. Estas situações poderão ocorrer, por exemplo, por motivos disciplinares, tendo em vista o comportamento dos hóspedes em cruzeiros anteriores.

Ressalte-se que a Royal Caribbean não poderá ser responsabilizada por negar o embarque de qualquer hóspede que não cumprir com os requisitos da Companhia, bem como pela remoção de qualquer hóspede que estiver a bordo e não cumprir com as normas determinadas pela Royal Caribbean, bem como quaisquer outras regras de ordem social. Adicionalmente, a Royal Caribbean não ficará obrigada a reembolsar qualquer valor pago por qualquer hóspede que tiver seu desembarque prematuro em virtude de descumprimento do dever de conduta, ora mencionado. Também não terá a Royal Caribbean qualquer obrigação de reembolso por  acomodação, refeições, transporte de retorno ou quaisquer outras despesas decorrentes do desembarque antecipado pelas razões ora descritas.

INFORMAÇÕES ADICIONAIS

Os hóspedes ficam cientes, desde já, que a Royal Caribbean (bem como seus cessionários e licenciados) poderá, a qualquer tempo, incluir fotografias, vídeos, áudios e quaisquer outros tipos de gravações audiovisuais dos hóspedes, geradas durante o cruzeiro, em conexão com o cruzeiro ou “CruiseTour” (incluindo imagens, semelhanças ou vozes), por qualquer meio, de qualquer natureza (incluindo o direito de edição, combinado com outros materiais, ou de criação de quaisquer materiais derivados destes) para fins de comércio, publicidade, vendas,  promoções, treinamentos ou quaisquer outros produtos oferecidos pela Royal Caribbean, sem qualquer compensação aos hóspedes. Esta autorização inclui, irrestritamente, o direito de cópia, revisão, distribuição, exibição e venda de fotografias, imagens, filmes, fitas, desenhos ou quaisquer outros registros em qualquer tipo de mídia (incluindo, mas não se limitando, à mídia eletrônica).

O hóspede responderá por todo e qualquer dano, material ou moral, que por sua ação ou omissão sejam causados à Royal Caribbean ou a terceiros, sem prejuízo de eventuais penalidades civis e penais aplicáveis.

A Royal Caribbean não reembolsará nenhum valor referente ao cruzeiro/transporte, pago pelos hóspedes, se estes, por qualquer razão, não embarcarem no navio ou em transporte, quando fornecido pela Companhia, durante o prazo informado pela Companhia para um determinado cruzeiro ou “CruiseTour”, seja no início do cruzeiro, seja em qualquer porto de escala ou destinação ou ponto de embarque. A Royal Caribbean também não responderá por nenhuma acomodação, alimentação, transporte ou quaisquer outras despesas dos hóspedes em virtude do descumprimento de horário estabelecido. Os horários limites para embarque estão determinados no bilhete eletrônico de embarque e/ou no site www.royalcaribbean.com.br, enquanto os horários de partida nos portos de escala serão informados nos respectivos cruzeiros ou “CruiseTour”. A Royal Caribbean não terá nenhuma obrigação perante os hóspedes para desviar de nenhum porto de escala ou destino.

Para os hóspedes que fizerem reservas que envolvam itinerários de cruzeiros, onde o local de partida ou de destino seja um Estado membro da União Europeia, não sujeitos a conflito com a lei local, limitamos nossa responsabilidade por morte e lesão corporal ou perdas e danos a bagagem de acordo com o Regulamento da UE 292/2009. Em resumo, a EC 392/2009, limita nossa responsabilidade por morte ou danos pessoais causados por um incidente de navegação em 250.000 SDRs (“special drawning rights”), a menos que tal evento seja causado por um ato de guerra, fenômeno natural, guerra civil, terrorismo ou qualquer outra exceção prevista na Convenção de Atenas. Quando houver negligência, estes limites aumentarão para 400.000 SDRs (“special drawning rights”). O limite de nossa responsabilidade por morte e lesão corporal não sendo incidentes de navegação é limitada em 400.000 SDRs (“special drawning rights”). No caso de nossa responsabilidade por perdas e danos de bagagem, onde as bagagens estão depositadas com o navio, este é limitado em 3.375 SDRs (“special drawning rights”) e por perdas e danos da bagagem na cabine, este se limita em 2.250 SDRs (“special drawning rights”). Para mais informações sobre os seus direitos, por favor entre em contato conosco.
A Royal Caribbean poderá recusar o embarque de qualquer hóspede, bem como remover qualquer hóspede de seus navios ou transportes, se contratado com a Empresa, a qualquer tempo, por quaisquer das seguintes razões: (i) sempre que esta ação se fizer necessário para cumprir quaisquer leis, regulamentos, diretrizes ou instruções governamentais; (ii) quando o hóspede apresentar qualquer condição de saúde que possa oferecer risco aos demais hóspedes/tripulantes, tais como doenças gastrointestinais, viroses ou quaisquer outras que representem um risco para a coletividade, a critério da Royal Caribbean; (iii) quando um hóspede se recusar a ser revistado e/ou a ter seus pertences revistados, nos limites estabelecidos em lei, em busca de explosivos, armas, materiais perigosos ou itens roubados, ilegais ou proibidos, entre outros; (iv) quando um hóspede se recusar a se identificar por meio de documentos hábeis;  (v) quando um hóspede falhar no cumprimento das regras e procedimentos da Royal Caribbean, incluindo, por exemplo, a Política de Conduta do Hóspede Royal Caribbean ou as Políticas internas da Royal Caribbean no trato com a tripulação; (vi) quando o hóspede se recusar a cumprir a Política de Recusa de Transporte. As Políticas da Royal Caribbean de Conduta do Hóspede bem como a Política de Recusa de Transporte estão disponíveis online em www.royalcaribbean.com.br; (vii) ou quando o hóspede descumprir qualquer regra ou lei aplicável, incluindo, mas não se limitando a porte ou posse de entorpecentes e/ou drogas.

O hóspede deverá, a qualquer tempo, cumprir com todas as leis aplicáveis, bem como regras, políticas e regulamentos da Royal Caribbean e/ou do navio, vigentes e aplicáveis no momento da realização do cruzeiro, principalmente, sem se limitar a regras de segurança, higiene, conduta e procedimento, bem como a legislação de cada local onde a embarcação aportar e ao disposto no Contrato de Compra de Cruzeiro Marítimo.
Os hóspedes concordam em não ingressar em nenhuma área destinada apenas à tripulação, sob nenhuma circunstância.

É estritamente proibido ao hóspede vender produtos ou prover serviços a outros hóspedes a bordo do cruzeiro, ficando os hóspedes proibidos de realizarem qualquer ato neste sentido.

Informações Gerais

1. Como devo me vestir no cruzeiro?

Planejar a roupa que você deverá levar em seu cruzeiro é fácil. Para o período diurno, sugerimos: roupas leves, shorts, bermudas e, pelo menos, dois trajes de banho, para que sempre tenha um seco; calçados confortáveis, de preferência com saltos baixos e solados de borracha; chapéu e protetor solar. Importante destacar que é expressamente proibido o uso de trajes de banho nos restaurantes e nos corredores do navio, sendo imprescindível o uso de saída de praia ou camiseta e sandálias para estes locais.

Para a noite, recomendamos traje esporte fino para as noites casuais e traje social para as noites formais. O número de noites formais varia de acordo com cada cruzeiro.

Na Noite do Comandante, por ser um evento especial realizado durante os cruzeiros, recomenda-se o traje de gala ou social completo. A Noite do Comandante será informada no programa diário, disponível nas cabines.

2. Como preparar minha bagagem?

Cada hóspede tem permissão para trazer a bordo do navio ou entrar, somente com itens de vestuário e objetos de uso pessoal razoavelmente necessários para o cruzeiro, que inclui malas, baús, valises, mochilas, bolsas ou cabides contendo roupas, produtos de higiene pessoal e itens semelhantes. Para que não restem dúvidas, temos o direito de recusar o transporte de itens como ferramentas de trabalho, móveis, caixas de papelão, utensílios domésticos e eletrodomésticos, como fornos, fogões, geladeiras, máquinas de lavar, televisores, aparelhos de ar condicionado, e outros, ainda quaisquer outros itens que consideramos que não sejam habitualmente transportados por hóspedes em cruzeiros de férias.

Você não deve trazer itens de bordo que são prejudiciais, perigosos ou que possam criar um perigo para o navio, a tripulação e aos hóspedes, ou qualquer item que seja ilegal, sob as leis aplicáveis em questão de posse e/ou transporte através das águas territoriais às quais nossos navios navegam ou para os lugares em que nós, ou os proprietários de nossas embarcações têm o seu local de trabalho. Entretanto, as companhias aéreas podem recusar o embarque de bagagem ou cobrar excesso de peso com base no tamanho, peso e quantidade de peças que se pretende embarcar na aeronave. Sugerimos que o hóspede tenha em mente as dimensões e a quantidade de malas levadas, em virtude das acomodações nas cabines e transportadoras no interior do navio, bem como no porto. As malas devem estar devidamente etiquetadas e identificadas com as etiquetas auto-adesivas que serão entregues ao hóspede no momento do check-in no porto. Para auxiliar a identificação das malas no embarque e desembarque, recomenda-se que o hóspede coloque fitas e etiquetas próprias. As bagagens devem estar devidamente lacradas com cadeados de segurança. Itens valiosos ou importantes como medicamentos, jóias, peças frágeis, documentos importantes, câmeras fotográficas e filmadoras, computadores, entre outros, devem ser levados com o hóspede como bagagem de mão. Todas as bagagens serão fiscalizadas pelas autoridades federais nos portos, inclusive as bagagens de mão.

Conforme normas internacionais de segurança, é proibido o embarque com utensílios cortantes, armas, entorpecentes, alimentos e bebidas (alcoólicas ou não). Caso algum hóspede esteja portando entorpecentes, as autoridades locais adotarão os procedimentos necessários. A equipe de segurança está autorizada a recolher as bebidas das bagagens, inclusive as de mão, que deverão ser retiradas pelos hóspedes ao final da viagem. Garrafas abertas (alcoólicas ou não) serão recolhidas e não devolvidas.

Também fica proibido o ingresso no navio de equipamentos de som não autorizados, itens que emitam calor ou produzam chamas, sob pena de apreensão até o encerramento do cruzeiro, ficando o hóspede responsável por sua retirada no momento no desembarque.

Reservamo-nos o direito, em todos os momentos para confiscar permanentemente itens que não sejam considerados como estando em conformidade com este parágrafo.

3. Normas de Segurança

A maior preocupação da Royal Caribbean é garantir a segurança dos hóspedes. Assim, visando proporcionar sempre um ambiente seguro, nos termos das leis, regulamentos e orientações de segurança, nacionais e internacionais, a Royal Caribbean adota procedimentos rigorosos de segurança nos terminais portuários e também a bordo de todos os navios da companhia. As medidas incluem triagem em todos os hóspedes e em suas bagagens antes do embarque. Agradecemos, desde já, sua colaboração neste esforço.

4. Documentos para embarque

Todos os documentos de viagem exigidos para o embarque e desembarque nos diversos portos de escala, tais como passaportes, vistos, comprovantes de nacionalidade, certificados de vacinas, etc., deverão ser providenciados pelo hóspede, sendo de sua total responsabilidade que estejam portando os documentos corretos e que estes estejam válidos. Não será permitido o embarque de hóspedes que não estejam munidos dos documentos adequados, não sendo cabível a devolução do valor pago pelo cruzeiro a nenhum hóspede que for impedido de embarcar por irregularidade de documentação. As Autoridades locais não permitem o embarque de hóspedes que estiverem portando cópias, mesmo que autenticadas, de seus documentos. Para saber os documentos exigidos, consulte o tópico específico no site www.royalcaribbean.com.br.


5. Como fazer o check-in?

Para maior conforto, comodidade e rapidez, a Royal Caribbean disponibiliza o check-in online através do site www.royalcaribbean.com.br. Ao realizar o check-in online e imprimir o Set Sail Pass (pré-check-in), o hóspede adiantará o procedimento de embarque no dia do cruzeiro. O check-in online poderá ser feito até, no máximo, 3 dias antes do embarque. Caso o check-in online não tenha sido finalizado, este deverá ocorrer no próprio porto, com o preenchimento dos formulários adequados. Este processo deverá ocorrer com até 2 (duas) horas de antecedência ao horário previsto para a saída do navio, uma vez que todos os hóspedes deverão estar a bordo, até, no máximo, 1:30 (uma hora e trinta minutos) antes do referido horário estipulado, depois de finalizado o check-in no porto, sob pena de não ser possível o embarque.

O mesmo ocorrerá com os hóspedes que optarem por fazer o check-in diretamente no porto, através de nossos agentes responsáveis, mediante a apresentação do bilhete de embarque e dos documentos de identificação apropriados. Feito o check-in, os hóspedes receberão o cartão Sea Pass (cartão de indentificação do hóspede a bordo), que é o cartão que permitirá o re-embarque no navio nos portos de escala, é também a chave da cabine do hóspede, além de registrar todos os gastos a bordo para débito ao fim do cruzeiro.

Após o embarque, sua bagagem será entregue na cabine o mais rápido possível. Na cabine, já estará disponível a confirmação do turno de jantar e o lugar no restaurante.

6. A que horas posso embarcar no navio?

A hora de embarque varia de acordo com o itinerário. Consulte o seu bilhete de cruzeiro para saber o horário correto do embarque. Recomenda-se aos hóspedes chegar até 4 (quatro) horas antes da saída do navio. A não-apresentação do hóspede até 2:00 (duas horas) antes do horário previsto para saída do navio cancelará automaticamente a sua reserva, com a aplicação das penalidades cabíveis, sem direito a qualquer reembolso.

7. Posso levar visitas a bordo?

Obedecendo às Normas Internacionais de Seguranças nos Portos, não será permitido levar visitas a bordo do navio em nenhum porto, salvo nos casos de Prestadores de Serviço, desde que mediante prévia solicitação e liberação das autoridades portuárias e da Royal Caribbean.

8. Devo participar do Exercício de Emergência Obrigatório?

Segundo normas Internacionais de Segurança, o exercício geral de salvamento e abandono do navio é obrigatório a todos os hóspedes. Ao toque de alarme (7 sons curtos de sirene e um prolongado em seguida), todos os hóspedes deverão colocar o colete salva-vidas e se dirigirem aos respectivos pontos de reunião seguindo os letreiros luminosos. Os pais devem certificar-se de que em sua cabine há o colete salva-vidas para crianças. Caso não haja, eles deverão solicitá-lo ao camareiro. Pedimos a todos os hóspedes que leiam com atenção as instruções de emergência que estão em suas cabines.

9. Como pagar meus gastos a bordo?

Caso o hóspede deseje realizar o pagamento de seus gastos a bordo no cartão de crédito de uso internacional, este será solicitado no ato do check-in, para que seja ativada sua conta no cartão SeaPass (cartão de indentificação do hóspede a bordo). Os cartões de crédito aceitos nos navios da Royal Caribbean são Visa, MasterCard, American Express, Diners, Discovery e JCBC (cartões de crédito com números ilegíveis ou danificados não serão aceitos, bem como os cartões de crédito nacionais). Por questões da administradora do cartão, alguns valores poderão ficar bloqueados, em virtude da pré-autorização, o que será automaticamente corrigido após o término da viagem. Caso o hóspede não possua cartão de crédito internacional, a conta SeaPass será ativada através da opção de pagamento em dinheiro. Ativado o cartão SeaPass, o hóspede deverá assinar os comprovantes de todas as compras a bordo para que sejam automaticamente debitadas de sua conta. No final do cruzeiro, será entregue um extrato detalhado na cabine.

Recomendamos que o hóspede confira o extrato de suas despesas antes de fechar a conta. Isso porque qualquer irregularidade que o hóspede detectar nas despesas deverá ser informada à Recepção do Navio, antes do desembarque, uma vez que não serão aceitas reclamações posteriores. Recomendamos ainda o pagamento da conta SeaPass em cartão de crédito para evitar filas no desembarque, pois, neste caso, não é necessário que o hóspede compareça à Recepção do Navio, sendo o débito feito de forma automática, com a cobrança de eventual diferença na conta após o fechamento da fatura. Se o hóspede pagar sua conta SeaPass com um cartão de crédito emitido em alguma moeda que não o dólar norte-americano, o valor será cobrado
na mesma moeda local da emissão do cartão. Caso o pagamento se dê em dinheiro, é necessário o comparecimento do hóspede à Recepção do Navio para fechamento da conta.

Os preços de todos os artigos a bordo do navio estão expressos em dólares norte-americanos. Todos os navios da Royal Caribbean operam com um sistema no qual não há circulação de dinheiro em espécie, salvono cassino.

10. Qual a função do pessoal da Recepção no navio?

Em todos os navios há uma Recepção (“Guest Relation Desk”), disponível 24 horas por dia. A Recepção atuará como fonte de informação de todos os serviços disponíveis a bordo, controle dos gastos dos hóspedes, Achados e Perdidos, informações de imigração para hóspedes estrangeiros, troca de moedas estrangeiras para o dólar norte-americano, entre outros.

11. Qual o tamanho das cabines? Existem cabines que acomodam três ou quatro hóspedes?

Caso tenha interesse em saber dimensões de qualquer cabine, essas informações podem ser solicitadas ao seu agente de viagem ou encontradas no site www.royalcaribbean.com.br. Em cada navio existe um número limitado de cabines que dispõem de terceiro e quarto leitos e estas costumam ser muito procuradas por famílias ou adultos que viajam em grupos de três ou quatro pessoas. Estas cabines foram projetadas com uma combinação de beliches, sofás-cama ou camas rebatíveis. Cabines que estejam com a sua ocupação completa não permitem a colocação de berços. Não é permitido que crianças menores de 6 anos durmam nas camas de cima dos beliches em nenhuma cabine. Ainda devido à altura destas camas superiores, não recomendamos a acomodação de pessoas idosas. Em nossos navios maiores, dispomos de capacidade para acomodar 4 hóspedes ou mais.

12. Qual a corrente elétrica dos navios? Quais os equipamentos elétricos que podem ser considerados perigosos?

A voltagem a bordo dos navios pode ser 110V ou 220V. Assim solicitamos que levem adaptadores, caso seja necessário. Verifique com seu camareiro a voltagem correta de cada ponto de energia da cabine. A Royal Caribbean não se responsabiliza por eventuais danos em equipamentos eletrônicos causados em decorrência da inobservância deste aviso. Todos os navios contam com secadores de cabelo nas cabines. Por motivos de segurança não é permitido o uso de eletrodomésticos na cabine, com exceção de barbeadores elétricos. Não é permitido o uso de ferro de passar roupa, assim como o embarque de  equipamentos de som com qualquer sistema de amplificação.

13. Existem cofres nas cabines?

Todas as cabines possuem cofres de uso gratuito pelos hóspedes. A Royal Caribbean não assume qualquer responsabilidade por dinheiro, jóias, documentos, celulares, máquinas fotográficas, filmadoras, notebooks, ou outro objeto de valor que permaneça na cabine fora do cofre, salvo quando houver sinais de arrombamento dos cofres.

14. É possível fazer ligações para o navio e do navio?

É possível ligar para o navio a qualquer momento através do número + 1 732 335 3285, com débito no cartão de crédito, sendo cobrado o valor de US$ 7,95 mais o custo de uma ligação de longa distância, visto ser uma ligação internacional. Telefones celulares poderão não funcionar nos navios quando em navegação. As ligações realizadas de dentro da cabine para fora do navio estarão sujeitas à cobrança de tarifa, cujos valores estarão disponíveis na própria cabine.

15. Existe internet no navio?

Oferecemos o serviço de internet 24 horas por dia. Para utilização da internet nos computadores do navio, consulte as tarifas a bordo. Também é possível utilizar a internet sem fio (wireless) em algumas áreas comuns do navio, desde que o laptop esteja habilitado. Este serviço também está sujeito à cobrança de tarifa.

16. Há serviço de lavanderia?

Sim, oferecemos serviço de lavanderia e lavagem a seco. Os preços variam de acordo com o tipo de peça.

Não dispomos de lavanderia self-service a bordo.

17. Programa Diário (“Cruise Compass”)

Para estar informado sobre todas as atividades no navio, recomendamos a leitura diária do nosso programa diário, o “Cruise Compass”, entregue diariamente em sua cabine. Se preferir, as mesmas informações estarão disponíveis na programação da TV de sua cabine.

18. Quais são as opções de refeições a bordo?

A Royal Caribbean oferece todos os tipos de refeições, onde o hóspede pode optar por uma refeição formal ou informal – ao ar livre, em um restaurante, ou em sua cabine – a qualquer hora do dia ou da noite. A maior parte das refeições está incluída no preço do pacote. Tarifas extras serão aplicadas nos restaurantes de especialidades, os quais exigem reserva com antecedência.

19. Quais são os horários do jantar?

O restaurante principal do navio é dividido em dois turnos de jantar, e sua opção de horário deve ser feita no momento de sua reserva. Caso seu turno preferido não esteja mais disponível, você poderá ser colocado em uma lista de espera pelo seu agente de viagens. Os horários do jantar no restaurante principal podem variar de acordo com o navio e itinerário. Recomendamos que hóspedes que estejam viajando com crianças optem pelo primeiro turno do jantar e, ainda, que se informem com seu garçom sobre o cardápio especial para crianças. Existem, também, restaurantes de especialidades em algumas classes de navios, que funcionam sob reserva – que deverá ser realizada a bordo, com horários variados e uma taxa de serviço cobrada à parte.

20. O que é o My Time Dining?

É uma opção mais flexível de horário de jantar em relação aos turnos tradicionais. Nesta opção, o hóspede escolhe jantar no restaurante principal entre o início do primeiro turno e até meia hora depois do início do segundo turno. Já a bordo, escolhe o horário ideal para cada dia do cruzeiro de acordo com a programação diária de atividades do navio.

Os hóspedes podem solicitar o serviço no ato de sua reserva, ou a bordo, nos dois primeiros dias da viagem, sujeito à disponibilidade. Importante destacar que não será destinada uma mesa específica ou companheiros permanentes, sendo estes acomodados com o grupo que chegar ao mesmo tempo. Os hóspedes poderão solicitar jantar sozinhos ou acompanhados, e solicitar por um garçom específico, estando estes dois itens sujeitos à disponibilidade.

21. O que é o My Family Time Dining?

É um novo serviço disponível no restaurante principal do navio, onde as crianças são servidas em até 45 minutos, para que os pais possam continuar sua experiência gastronômica de forma tranquila e prazerosa. Após esse período, a equipe de recreação infantil irá buscar as crianças na entrada do salão, e levá-las ao “Adventure Ocean” para participarem dos programas de recreação.

Para optar pelo My Family Time Dining, é preciso que as crianças estejam inscritas no programa “Adventure Ocean”. Esse serviço funciona apenas para o primeiro turno do jantar tradicional.

22. Gostaria de saber mais sobre as taxas, tarifas e outras despesas de serviço a bordo.

Nos cruzeiros cujo embarque ocorre na América do Sul, o pagamento das gorjetas é cobrado antecipadamente, no momento da reserva. De todo modo, a bordo haverá um acréscimo à sua conta SeaPass de 18% de taxa de serviço, referente ao consumo de todas as suas bebidas a bordo.

Nos demais cruzeiros, é costume dar gorjetas ao pessoal que você considera que lhe prestou um bom serviço e lhe deu atenção especial.

23. Quanto se costuma dar de gorjeta nos cruzeiros? 

Nos cruzeiros internacionais é costume dar gorjetas em caráter de agradecimento. Sendo assim, foram estipulados os valores abaixo:

• Um total diário aproximado de US$10,00 por hóspede US$ 12,00 no caso de hóspedes acomodados em suítes), por dia de cruzeiro, cobrirá o serviço de cabine e do restaurante principal para crianças e adultos.
• Chefe de garçom (Head Waiter): US$ 0,75/dia por hóspede.
• Garçom: US$ 3,50/dia por hóspede.
• Assistente do garçom: US$ 2,00/dia por hóspede.
• Camareiro: US$ 3,50/dia por hóspede
• Camareiro de Suítes: US$ 5,75/dia por hóspede.
Nos “CruiseTours” operados no Alaska, foram estipulados os seguintes valores:
• Tour Director: US$3,50/dia por hóspede
• Traincar Host: US$ 1,00/dia por hóspede
• Motorcoach Driver: US$ 2,50/dia por hóspede

24. Quais são as atividades de bordo?

Diariamente são programadas diversas atividades a bordo, incluindo diversão, lazer, e atividades esportivas, voltadas para a saúde e bem-estar do hóspede. Nos períodos noturnos, estão previstos shows internacionais, shows de comédia, cassino, música dançante nos bares e lounges, discoteca, cinema, entre outros. Para as crianças, existe o “Adventure Ocean”, cujas regras de funcionamento e faixas etárias serão informadas a bordo. Consulte diariamente o programa diário para saber as atividades programadas do dia.

25. Gostaria de obter informação sobre consumo de bebidas alcoólicas.

A política vigente em toda a frota Royal Caribbean é que não são vendidas e nem servidas bebidas alcoólicas a menores de 21 (vinte e um) anos. Entretanto, nos cruzeiros com embarque em países da Europa, Ásia, Austrália ou América do Sul, onde a idade legal para consumo de bebidas alcoólicas é geralmente inferior a 21 anos, o pai ou responsável que esteja viajando com o menor de 21 (vinte e um) anos poderá assinar uma autorização, na forma a ser estabelecida pela Royal Caribben, para que ele possa consumir bebidas alcoólicas.

As garrafas de bebidas alcoólicas adquiridas nas lojas a bordo ou embarcadas nos portos de escala, serão retidas e entregues em sua cabine na última noite do cruzeiro. Os hóspedes que não cumprirem as políticas para consumo de bebidas alcoólicas deverão arcar com quaisquer despesas resultantes do não-cumprimento da nossa Política de Conduta do Hóspede.

26. Como posso obter informações sobre as excursões e fazer reserva?

Para aproveitar ao máximo sua visita a um porto de escala, recomendamos que o hóspede escolha uma de nossas excursões, planejadas por nossos especialistas. Os preços variam de acordo com cada excursão, sendo que o valor desta será debitado em sua conta SeaPass. Consulte a bordo todas as informações no Balcão de Excursões. Informamos ainda que algumas das excursões estão sujeitas a confirmação de um número mínimo de participantes, podendo ser canceladas se esse mínimo não for atingido.

27. Casamentos e Comemorações a Bordo

A Royal Caribbean oferece a seus hóspedes um rol de programas comemorativos: Royal Reunions, para reuniões de família; Natal em Alto-Mar, o espírito, as canções, as comidas e todas as decorações sem nada de estresse; Royal Romance; pra quem deseja dizer ”sim” em alto-mar, entre outras programações que o hóspede poderá contratar antes de embarcar. Para informações de preço e disponibilidade dos serviços, contate seu agente de viagens. Importante: Os casamentos realizados nos cruzeiros são expressamente de cunho simbólico e não têm validade legal. A Royal Caribbean não tem competência para realizar casamentos legais e se isenta de qualquer responsabilidade concernente a tais cerimônias.

 

28. O que acontece se eu ficar doente a bordo?

O centro médico do navio não está preparado/equipado com os mesmos padrões de um hospital em terra e, portanto, não funciona como uma clínica especializada. O navio possui suprimentos e equipamentos médicos de acordo com as exigências internacionais para atendimento emergencial embora existam médicos capacitados a bordo, a prestação destes serviços está limitada aos casos de EMERGÊNCIA E URGÊNCIA. Por esta razão, nem a Royal Caribbean nem o Médico serão responsáveis perante o hóspede em decorrência de qualquer incapacidade de tratar de procedimentos emergenciais que demandem instalações e/ou estruturas especializadas e avançadas.

Os serviços médicos e os medicamentos levados a bordo são limitados, portanto, os hóspedes deverão levar uma quantidade adequada de qualquer medicamento específico de que necessitarem.

Caso o hóspede embarque com medicamentos controlados ou em grandes quantidades, poderá ser exigida a receita médica pelas autoridades aduaneiras.

Todos os serviços médicos prestados a bordo, incluindo, mas não se limitando à consultas médicas e medicação, serão cobrados a parte e o pagamento deverá ser feito a bordo. Por esta razão, a Royal Caribbean recomenda a contratação de um seguro saúde de viagem adequado. Importante destacar que, ainda que o hóspede tenha contratado um seguro, o pagamento a bordo será devido, e o reembolso solicitado junto ao seguro, após o desembarque, nas condições estabelecidas pela seguradora. No caso de doença ou acidente, a critério do comandante, os hóspedes poderão ser levados para terra para tratamento médico. A Companhia não garante a qualidade do tratamento médico em qualquer porto de escala ou no local em que o hóspede for desembarcado. As instalações e os padrões médicos variam de porto para porto. A Royal Caribbean não se responsabiliza nem oferece garantia em relação ao padrão de tratamento médico em terra.

29. Norma para fumantes

Recomenda-se contatar a Recepção do navio para obter detalhes. Não é permitido fumar em nenhuma área dos auditórios, restaurantes, teatros, corredores ou elevadores; bem como no interior das cabine, no deck Boardwalk ou nas varandas privativas do Central Park nos navios da Classe Oasis. Entretanto, é permitido fumar nas varandas privativas com vista para o mar das cabines e suítes. Será aplicada uma multa, debitada diretamente na sua conta de bordo SeaPass, aos hóspedes que fumarem nos locais proibidos. Cigarros, charutos e fumo de cachimbo devem ser descartados apropriadamente e nunca devem ser lançados pela borda do navio. Os hóspedes devem ser maiores de 18 anos para comprar, portar ou utilizar produtos de tabaco a bordo do navio.


30. O que devo fazer na última noite do cruzeiro?

Faça as malas e deixe-as na porta do lado de fora da cabine antes da meia-noite. O camareiro da sua cabine lhe entregará etiquetas coloridas (ou numeradas)para colocar em cada peça de bagagem. Escreva claramente em cada etiqueta seu nome, endereço residencial e, se for caso, informações sobre seu voo.

Recomendamos que a bagagem seja identificada com algum item pessoal dos hóspedes, tais como fitas coloridas, tendo em vista a semelhança das bagagens. Leve em sua bagagem de mão objetos frágeis, importantes e valiosos. Recomendamos ainda que guarde consigo uma bolsa de mão para a última noite do cruzeiro. Em cruzeiros internacionais, antes do desembarque, deverá ser preenchida a Declaração de Bagagem, que poderá ser exigida pela Receita Federal.

31. Como devo me preparar para o desembarque?

No último dia do cruzeiro, o Diretor do Cruzeiro fornecerá informações detalhadas sobre o desembarque, o processo de inspeção aduaneira e os trâmites de imigração. É altamente recomendável que você participe desse informativo sobre o desembarque ou que assista ao vídeo na TV da sua cabine. Antes de desembarcar, verifique se não há nenhum objeto pessoal esquecido nas gavetas, armários, banheiros, embaixo das camas, cofres, etc., visto que não caberá à Royal Caribbean nenhuma responsabilidade sobre os itens esquecidos a bordo. A Royal Caribbean não tem nenhum tipo de controle com relação ao tempo de espera para passar pela alfândega e pela imigração. A cor (ou número) da etiqueta da bagagem determinará a hora em que você deverá desembarcar e o lugar de onde deverá retirar suas bagagens.

32. Existe algum Código de Conduta?

Para a segurança e conforto dos hóspedes, a Royal Caribbean desenvolveu uma Política de Conduta do Hóspede, tanto para adultos quanto crianças. Os hóspedes que violarem estas orientações, a critério da Royal Caribbean, poderão ser desembarcados no próximo porto de escala. Solicitamos que verifique quais são as políticas de segurança da Companhia, que estão no Diretório de Serviços do Cruzeiro, em sua cabine ou na Recepção, ou, ainda, no site www.royalcaribbean.com.br.

 

BUSCA

Prolongue suas férias.
Encontre um Cruisetour

Qualquer destino
Qualquer mês
Qualquer porto de partida
Qualquer navio
Qualquer recurso do navio